Ijuí/RS - Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2022
Manchetes
Incêndio é registrado no aterro sanitário
Congresso Nacional retoma atividades dia 1º e Pompeo diz que foco será aprovação do 14º dos aposentados e pensionistas
Ijuí já passa de 1,5 mil casos de Covid-19. Jovens entre 20 e 39 anos são os mais infectados
Multa de R$ 5 mil: SMMA já sabe quem descartou clandestinamente lixo em via que recém havia sido limpa por servidores da prefeitura
São Luiz anuncia contratação de mais um lateral esquerdo
Mesmo com atendimentos em queda no final de semana, número de infectados com Covid só aumenta em Ijuí
CNH do RS é a mais cara da região Sul do País
Prefeito de Nova Ramada está em Porto Alegre para assinar convênio de acesso asfáltico
Prefeito Andrei Cossetin está de férias
Bozano é contemplado com recursos do Programa Ilumina RS
Ijuí-RS
O tempo agora
14 de dezembro de 2020

Alemã CureVac inicia última etapa de testes clínicos de vacina contra Covid-19

O laboratório alemão CureVac anunciou nesta segunda-feira o início da terceira e última fase dos testes clínicos em larga escala de sua vacina contra a Covid-19. “CureVac inicia a fase global 2b/3 de seus estudos clínicos necessários para a autorização de sua candidata a vacina”, anunciou a empresa farmacêutica com sede em Tübingen em um comunicado. “O primeiro voluntário já foi recrutado”, destacou o grupo, que utiliza, como as concorrentes BioNTech e Moderna, a tecnologia do RNA mensageiro para sua vacina.

 

O estudo acontecerá na Europa e América do Sul com mais de 35 mil participantes, afirmou a empresa. A segunda fase de testes clínicos começou no fim de setembro, com um estudo realizado no Peru e no Panamá com 690 voluntários. Os resultados dos testes de fase 2 devem ser publicados até o fim do ano.

 

A CureVac está atrás em relação à concorrente alemã BioNTech, aliada do grupo americano Pfizer, cuja vacina já foi autorizada no Canadá, Estados Unidos e Reino Unido. A empresa entrou na Bolsa eletrônica Nasdaq este ano e arrecadou 150 milhões de dólares para financiar a vacina. A Comissão Europeia reservou 225 milhões de doses desta vacina e pode encomendar outras 180 milhões “quando o laboratório demonstrar que a vacina é segura e eficaz”.

 

 

Fonte: Correio do Povo - Foto: CureVac / Divulgação / CP
voltar
© Copyright 2019