Ijuí/RS - Segunda-feira, 13 de Julho de 2020
28 de maio de 2020

Advogado Jean Severo pediu anulação do depoimento da mãe que matou filho em Planalto

O advogado Gean Severo que possui escritório em Porto Alegre, e que atuou em vários casos pelo interior gaúcho, num deles, em Três Passos no caso Bernardo, onde defendeu Edelvânia Wirganowicz, vai agora tentar provar que a mãe do menino Rafael Winques, não teve a intenção de matá-lo ao dar remédio para que o filho se acalmasse.

Falando ao Fatorama disse que a mulher é confessa pela morte do garoto e ocultação de cadáver. Ela agiu sozinha, assegurou o defensor que conseguiu anular o depoimento dado à policia sem a
presença de advogado, remarcado para a próxima quarta feira em Porto Alegre.

O advogado disse na Repórter que na sua tese de defesa vai pedir a desqualificação da acusação, feita pela polícia, que crime doloso, com intenção de matar, para crime culposo, sem intenção. Ele disse que foi uma tragédia. Em sendo crime culposo, como defende o advogado, ela seria julgada somente por ocultação de cadáver. Isto evitaria que sua cliente iria a julgamento por júri popular.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019