Ijuí/RS - Quarta-feira, 04 de Agosto de 2021
Manchetes
Lasier Martins disse na Repórter que voto auditável impresso não é retrocesso e sim uma forma do eleitor saber em quem realmente votou
Começam os preparativos da Semana da Pátria em Ijuí
Ijuí segue vacinação para pessoas de 27 e 26 anos
Ceriluz é campeão no prêmio Aneel, categoria acima de 10 mil unidades consumidoras
Estado lança programa para distribuir incentivos hospitalares de forma mais justa e transparente
Pouca umidade do solo evitou maiores danos na cultura em função das fortes geadas
Lideranças projetam ações para o desenvolvimento de Ijuí
Com alteração no recolhimento de lixo, prefeitura de Ijuí pretende adquirir contêineres para resíduos volumosos
Manifestantes pelo voto auditável impresso se reuniram neste domingo, 01, na Praça da República em Ijuí
Bozano dá inicio a programação alusiva ao Agosto Lilás, mês de prevenção a violência contra a Mulher
Ijuí-RS
O tempo agora
13 de julho de 2021

Advogada de defesa da ré acusada de crime em Coronel Barros esclarece situação do processo

Advogada Petra Fiorin Fracaro que atua na defesa de Isabel Cristine dos Santos Gonçalves, acusada de matar a tiros Abílio Antônio Porto da Silveira em dez de março do ano passado, prestou esclarecimentos acerca do processo, em entrevista ao Fatorama.

Falou primeiramente das críticas dirigidas a ela e ao Poder Judiciário nas redes sociais, pelo fato de a ré estar respondendo ao processo em liberdade, após cinco meses de detenção na Penitenciária Modulada, explicando que como não há decisão ou condenação e pelo bom comportamento da acusada, cabe a medida.

Lembrou que a legislação garante o contraditório e ampla defesa em todos os procedimentos, até que as partes sejam devidamente julgadas. Desta forma, disse que sua cliente não nega os fatos, mas há diversas situações que estão sendo devidamente apuradas no percurso do processo.

Na primeira audiência do caso que ocorreu de forma tele- presencial foram ouvidas dez testemunhas, devendo ser ouvidas brevemente quatro de acusação e posteriormente outras de defesa antes de ouvir a ré, Isabel Gonçalves.

Segundo a doutora Petra, há muitos elementos ainda não divulgados que podem alterar a situação do caso, com os devidos esclarecimentos de fatos que vem sendo distorcidos em determinados comentários via redes sociais, disse ela.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019