Ijuí/RS - Domingo, 07 de Agosto de 2022
Manchetes
3° suspeito de homicídio por tráfico de entorpecentes e mulher que estava foragida são presos pela Brigada Militar
29º BPM prende 2º suspeito de homicídio, por tráfico de entorpecentes em Ijuí
29º BPM prende homem por tráfico de entorpecentes em Ijuí
Prerrogativas da advocacia e lei do abuso de autoridade foi tema de evento na OAB de Ijuí
Festival do queijo e do vinho do Rotary tem todos os ingressos vendidos
Câmara inicia a implantação do Processo Legislativo Eletrônico
Igor Pavan é mais um contratado para defender o gol do São Luiz
HCI tem recursos garantidos pelo Ministério da Saúde para aquisição de novo Acelerador Linear
Médico oncologista de Ijuí participará de congresso europeu sobre diagnostico e tratamento do Câncer
Mulher é atingida com 12 golpes de faca em tentativa de feminicidio registrada em Ijuí
Ijuí-RS
O tempo agora
7 de julho de 2022

21 celulares e 40 buchas de maconha apreendidas no interior do IPI revista geral na manhã de hoje

O Instituto Penal de Ijuí em virtude da necessidade de manutenção da ordem e disciplina na casa prisional teve a realização na manhã desta quinta-feira(7), de uma revista geral. Participaram da ação servidores do GIR3, servidores do estabelecimento prisional e servidores da 3ª Delegacia Penitenciária Regional(DPR).

Foram realizadas revistas minuciosas nos apenados em todas as celas e alojamentos, sendo apreendidos 40 buchas de maconha – identificada pela cor, cheiro e textura, 17 carregadores de celular, 2 baterias para celular e 21 aparelhos de telefone celular.

O Diretor do Instituto Penal Diego Zimermann destacou que como os materiais foram encontrados em celas e não em posse dos apenados, vão agora passar por identificação, inspeção para tentar identificar os proprietários. Em caso de identificação, o apenado responsável responderá por processo administrativo. Os aparelhos também passarão por perícia e desbloqueio.

O diretor destacou que após averiguações há a possibilidade de apenados serem transferidos para a Penitenciária Modulada, mas não confirmou quantos.

Indagado pelo jornalismo da Repórter sobre como entram no IPI estes materiais, Zimermann disse que a maioria é por arremesso. “Fica fácil por se tratar de uma casa prisional que está na zona urbana”, frisou. Há também a possibilidade de entrada quando de visitas ou do retorno do serviço externo, quando eventualmente os apenados escondem os dispositivos eletrônicos, mas isso agora, segundo o diretor, será apurado para responsabilização dos envolvidos.

Fonte: Rádio Repórter
voltar
© Copyright 2019