Notícias > Segurança

16/06/2017
08:14

Com dois gols de falta, Grêmio vence o Fluminense no Maracanã

Vitória de 2 a 0 deixa o time gaúcho a um ponto do líder Corinthians

O Grêmio voltou ao Maracanã para enfrentar o Fluminense na noite desta quinta-feira pelo Campeonato Brasileiro e repetiu o que tinha feito na Copa do Brasil.

 

Com amplo domínio, o Tricolor bateu os cariocas por 2 a 0 e voltou encostar no líder Corinthians.

 

Os dois gols do Grêmio foram marcados de falta. O primeiro por Edílson, que bateu com força para vencer o goleiro Júlio César aos 7 do primeiro tempo.

 

O segundo veio com Luan.

 

Dessa vez, a cobrança foi colocada e novamente sem chances para o goleiro do Fluminense já aos 34 da etapa complementar.

 

 

 

 

Com a vitória, o Grêmio vai a 18 pontos e fica a apenas um do Corinthians.

 

O Tricolor volta a campo na próxima segunda-feira, às 20h, para enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão.

 

O time paulista joga antes, no domingo, às 11h, diante do Coritiba no Couto Pereira.

 

Gol cedo

 

O técnico Renato Portaluppi optou por repetir a equipe da vitória apertada sobre o Bahia para a partida desta noite no Maracanã.

 

Apesar de manter a escalação, o treinador alterou o posicionamento de Maicon, que atuou adiantado pelo centro da linha de meias do 4-2-3-1 gremista.

 

Com isso, Arthur voltou a fazer a função de volante ao lado de Michel.

 

Com o novo posicionamento, o Grêmio iniciou a partida no campo de ataque.

 

E o gol acabou vindo rápido.

 

Logo aos 7 minutos, Edílson arriscou o chute em uma falta frontal e acertou o ângulo esquerdo de Júlio César, que pulou atrasado e não pode fazer nada, 1 a 0.

 

O empate do Fluminense quase veio dois minutos depois. Richarlison balançou as redes após desvio de Henrique Dourado, mas o lance foi anulado.

 

O árbitro Elmo Resende Cunha chegou a validar o gol, mas voltou atrás após conversa com o auxiliar Cristhian Passos Sorence, que viu o impedimento do atacante do Flu.

 

 

 

Com a vantagem, o Grêmio mostrou tranquilidade para manter o resultado.

 

O meio-campo repleto de jogadores com bom toque de bola ajudou o time gaúcho a controlar os cariocas, que chegaram apenas em cruzamento, que pouco levaram perigo.

 

 

 

Sem conseguir ameaçar Marcelo Grohe na maior parte do primeiro tempo, o Fluminense foi para o intervalo reclamando da arbitragem.

 

Isso porque já nos minutos finais, Richarlison recebeu lançamento longo de Henrique e ia invadindo a área quando foi derrubado por Geromel. Elmo Resende Cunha, porém, mandou o lance seguir.

 

 

 

Susto no início, mais um gol de falta no fim

 

 

Se não conseguiu levar perigo ao longo dos primeiros 45 minutos, o Fluminense quase marcou logo no começo do segundo tempo.

 

Wendel fez bela jogada pela esquerda, invadiu a área e cruzou, mas Geromel apareceu para afastar quando Grohe já estava batido no lance.

 

A bola ainda sobrou para Richarlison, que mandou por cima.

 

A chance perdida peplo Fluminense foi um lance isolado de ataque do time da casa.

 

Com Arthur mais adiantado, o Grêmio começou a criar coportunidades para o segundo.

 

Aos 13, Edílson arriscou da entrada da área e mandou perto. Quase o lateral fez mais um na partida.

 

Aos 17, uma chance incrível perdida pelo Grêmio. Luan deu o passe em infiltração para Arthur, mas Júlio César fez a defesa.

 

A bola ainda sobrou para Luan, que, com o gol aberto, mandou para fora.

 

Logo depois, o técnico Renato Portaluppi fez duas mudanças e botou mais velocidade no time.

 

Maicon e Pedro Rocha saíram para as entradas de Everton e Fernandinho.

 

As mudanças fizeram bem ao Grêmio que passou a dominar ainda mais a partida.

 

Vendo isso, o técnico Abel Braga ainda mexeu no seu time sacando Gustavo Scarpa para a entrada de Pedro.

 

As tentativas do treinador do Fluminense, porém, não surtiram efeito. Aos 33, Fernandinho fez jogada individual e foi derrubado por Lucas.

 

Luan foi para a cobrança e mandou colocada no ângulo direito de Júlio César para ampliar o placar, 2 a 0.

 

Se o Grêmio já controlava o jogo com 1 a 0, o gol de Luan desmoronou de vez o Fluminense.

 

Nos minutos finais, Abel Braga sacou o lateral Lucas, que merecia ter sido expulso por entrada dura em Luan.

 

No Grêmio, Renato ainda mandou a campo Gastón Fernández no lugar de Luan.

 

Brasileirão 2017 - 7ª rodada

 

Fluminense - 0

 

Julio César; Lucas, Henrique, Reginaldo, Léo (Lucas Fernandes); Mateus Norton, Wendel, Calazans, Gustavo Scarpa (Pedro) e Richarlison; Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

 

 

 

Grêmio - 2

 

Marcelo Grohe; Edilson, Kannemann, Geromel e Cortez; Michel, Maicon (Everton), Ramiro, Arthur e Pedro Rocha (Fernandinho; Luan (Gastón Fernández). Técnico: Renato Portaluppi.

 

Gols: Edílson (7min/1ºT), Luan (34min/2ºT)

 

Cartões amarelos: Mateus Norton, Henrique, Calazans, Henrique Dourado (FLU); Edílson, Fernandinho, Everton (GRE)

 

Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha (GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

 

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.