Notícias > Grêmio

22/05/2017
09:37

Grêmio vence o Atlético-PR na Arena da Baixada e é líder do Brasileirão

Luan e Lucas Barrios marcaram os gols que nasceram em passes do meia Ramiro

Vitória fora de casa, num campeonato como o Brasileirão é algo fundamental.

 

E o Grêmio conseguiu.

 

Na tarde deste domingo derrotou o Atlético-PR por 2 a 0 na Arena da Baixada e termina a segunda rodada como líder do Campeonato Brasileiro.

 

Com a derrota da Ponte Preta para o Botafogo, por 2 a 0, o Tricolor gaúcho divide a liderança com o Fluminense, com seis pontos, mas leva vantagem no saldo de gols, quatro contra dois.

 

O grande destaque da partida foi Ramiro. O meia deu os dois passes para os gols de Luan e Lucas Barrios.

 

A parte negativa foi a expulsão de Marcelo Grohe por demorar para cobrar um tiro de meta.

 

Depois de um primeiro tempo de muita marcação, o Grêmio abriu o placar a menos de um minuto do segundo e dominou as ações ofensivas até o cartão vermelho para o camisa 1.

 

 

Na quinta-feira, às 21h45min, os comandados de Renato Portaluppi recebem o Zamora, da Venezuela, na última rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

 

Pelo Brasileiro, o próximo compromisso é contra o Sport, no próximo domingo, às 19h, na Ilha do Retiro.

 

Primeiro tempo de muita marcação e poucas oportunidades

 

O jogo iniciou com ambas as equipes procurando o ataque, mas com cuidados para não ser surpreendidos pelo adversário.

 

Depois de um começo com intensos confrontos de intermediária a intermediária, aos seis Carlos Alberto bateu forte de a bola subiu, saindo alta sobre a meta de Marcelo Grohe.

 

Dois minutos depois, Geromel saltou mais alto que os marcadores e cabeceou próximo ao travessão de Weverton.

 

Com o Furacão se fechando com os 10 jogadores no campo defensivo, o Tricolor tinha dificuldades para chegar até a área do adversário.

 

Para tentar encontrar espaços, Luan se movimentava muito para aparecer e o Grêmio usava as laterais para cruzar dentro da área paranaense.

 

Já o Atlético-PR esperava por contra-ataques para tentar surpreender o Grêmio.

 

Entretanto, as defesas conseguiam cumprir as suas tarefas com perfeição e impediam chances claras dos ataques adversários.

 

Aos 25, Eduardo da Silva chutou de dentro da área e Geromel afastou.

 

No rebote, Jonathan arrematou novamente e foi a vez de Kannemann impedir que a bola fosse na direção do gol.

 

Onze minutos depois, Rossetto chutou de fora da área, a bola bateu no braço de Kannemann e gerou reclamações dos jogadores do Furacão, porém, o árbitro Marcelo Souza mandou seguir.

 

A melhor chance do Grêmio ocorreu aos 28 minutos.

 

Pedro Rocha passou por um marcador pelo lado esquerdo da grande área e bateu forte. Weverton defendeu firme.

 

Com passes de Ramiro, Grêmio marca dois

 

O Grêmio voltou com os mesmos 11 titulares e, antes do ponteiro dar a primeira volta no relógio, Arthur lançou Ramiro dentro da grande área.

 

O volante deu um passe para trás, a bola bateu em Geromel e sobrou para Luan chutar forte no ângulo direito de Weverton. Grêmio 1 a 0.

 

Atrás no placar, os donos da casa passaram a pressionar o Tricolor.

 

Aos quatro, Eduardo da Silva, sozinho, cabeceou após cruzamento da esquerda e a bola passou rente ao travessão de Grohe. Mas foi o Grêmio que ampliou.

 

Aos 13, Ramiro cruzou da direita e Barrios desviou com o pé direito para o fundo das redes. Grêmio 2 a 0.

 

Após o segundo tento, o Furacão fez duas mudanças e partiu para o ataque.

 

O Tricolor controlava o jogo e preocupava o adversário nos contra-ataques.

 

Até que Marcelo Grohe recebeu o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o vermelho.

 

Para a entrada de Leo Jardim, Renato Portaluppi optou por retirar Lucas Barrios.

 

Após a expulsão, o Atlético-PR partiu para o tudo ou nada, mas não conseguiu diminuir a diferença e amargou a segunda derrota no Campeonato Brasileiro, terminando a segunda rodada na 19ª colocação com zero pontos.


Fonte: correio povo

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.