Notícias > Bairro

15/05/2017
16:07

Desarticuladas quadrilhas que roubaram mais de R$ 3,5 milhões em celulares no Rio Grande do Sul

Operação terminou com prisão de um homem e apreensão de drogas

Uma operação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) desarticulou na manhã desta segunda-feira duas quadrilhas suspeitas de roubar mais de R$ 3,5 milhões em celulares no Rio Grande do Sul.

 

A ofensiva, chamada de Tornado, cumpriu mandados em Porto Alegre, Canoas e Gravataí. Um homem foi preso hoje e os policiais apreenderam drogas. 

 

 

Segundo o delegado Gustavo Bermudes Menegazzo, em um dos casos os suspeitos seriam alguns dos responsáveis por invadir um depósito no município de Nova Santa Rita, em novembro de 2016.

 

“Armados, eles roubaram diversos aparelhos celulares.

 

Após investigação, que durou cerca de seis meses, e teve início na Delegacia de Polícia local, representou-se pela prisão temporária de dois suspeitos que foram reconhecidos como executores do crime”, contou Bermudes.

 

 

De acordo com a investigação, o outro grupo criminoso foi identificado após o furto e arrombamento de uma loja de aparelhos celulares na cidade de São Leopoldo, com a captação do sistema de monitoramento da vizinhança.

 

“Esse fato viabilizou a identificação de todos os envolvidos, resultando no pedido de prisão preventiva de três suspeitos”, acrescenta o delegado. 

 

 

Ainda de acordo com Bermudes, um homem foi preso no bairro Estância Velha na cidade de Canoas e 545 comprimidos de Ecstasy e 42 envelopes de uma modalidade de cocaína, conhecida como Silver Magic, foram apreendidas incidentalmente na zona sul em Porto Alegre.

 


Fonte: correio povo

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.