Notícias > Internacional

20/12/2016
05:26

Sobe para 12 o número de mortos em incidente em Berlim

Aumentou para 12 o número de vítimas fatais do incidente envolvendo um caminhão em Breitscheidplatz, em Berlim, na Alemanha. De acordo com levantamento da Polícia de Berlim, há ainda 48 pessoas feridas, algumas em estado grave. Elas recebem atendimento em hospitais da cidade.

 

Após cerca de seis horas do incidente, um homem foi preso. Ele seria o motorista do caminhão que avançou sobre a feira natalina onde ocorreu o ataque. De acordo com a imprensa alemã, o homem é um refugiado, de origem paquistanesa ou alemã.

 

No caminhão, que estava carregado com aço, havia um passageiro, encontrado morto no local. No início da madrugada desta quarta, autoridades alemãs confirmaram que ele era polonês.

 

O veículo pertencia a uma empresa da Polônia e estava sendo conduzido pelo primo do dono da instituição. O motorista, porém, havia perdido contato quatro horas antes do incidente. "Não sabemos no que ele se transformou, se foi sequestrado, morto, não sabemos de nada. Estamos muito preocupados com ele", declarou Lukasz Wasik, um diretor da empresa.

 

Em Berlim, "a empresa onde ele devia descarregar não pode recebê-lo e disseram a ele para voltar na terça de manhã. Dissemos a ele para esperar em Berlim, em alguma parte", acrescentou Wasik.

 

O governo da Alemanha acredita na hipótese de atentado terrorista, mas evita confirmar por enquanto. De acordo com o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, “muitas razões” levam a pensar que foi um ataque: “Ainda não quero - por enquanto - pronunciar a palavra 'atentado', mesmo que muitas razões levem a pensar nisso”, disse ele à emissora pública ZDF.

 

No Twitter, o ministro alemão da Justiça, Heiko Mass, informou que a investigação será conduzida pelo Ministério Público. Na Alemanha, o órgão é responsável por assuntos ligados ao terrorismo.

 

O mercado natalino atingido pelo caminhão, que partiu para cima de transeuntes e rolou sobre a calçada, fica no centro da capital, a dois passos da Gedächtniskirche - a Igreja da Lembrança, uma das principais atrações turísticas berlinenses - e de uma movimentada avenida de comércio, a Kurfürstendamm.

 

No local, um turista entrevistado pela agência de notícias AFP disse não saber se o motorista "estava bêbado", ou se ele lançou o caminhão de forma deliberada, "mas ele não procurou parar, ele simplesmente continuou". A Polícia informou que o caminhão avançou por cerca de 50 a 80 metros no local.

 

Em julho passado, em Nice, um tunisiano jogou seu caminhão contra uma multidão no Passeio dos Ingleses. Esse atentado deixou 86 mortos e mais de 400 feridos e foi reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI). O agressor foi morto pela Polícia.


Fonte: Correio do Povo

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.