Notícias > Seleção Brasileira

11/11/2016
05:53

Brasil aplica um chocolate para cima da Argentina e vence por 3 a 0

O Brasil levou a Argentina para dançar tango no Mineirão, nesta quinta-feira. Os comandados de Tite deram um baile de bola nos argentinos e venceram o clássico por 3 a 0. No duelo de Neymar e Messi, o camisa 10 argentino sumiu e o brasileiro marcou gol e correu para o abraço, exorcisando o fantasma do 7 a 1, que ocorreu no estádio de Belo Horizonte.

 

Com o resultado, o Brasil lidera a chave sul-americana das Eliminatórias para a Copa da Rússia com 24 pontos. A Argentina segue em sexto lugar, fora da zona de classificação, com 16. Na próxima terça-feira, o adversário da Seleção será o Peru, em Lima.

 

O primeiro tempo teve chances para ambos os lados, na bola parada de Messi e na velocidade de Neymar, Gabriel Jesus e Coutinho. Mas na cara do gol, o Brasil mostrou muita eficiência. Depois de um começo de jogo muito marcado e estudado, a Argentina começou a ganhar confiança e teve boas chances.

 

Messi tentou da entrada da área, mas parou na marcação. Biglia disparou um chute muito forte, no ângulo esquerdo, mas Alisson voou para fazer linda defesa.

 

Aos 24 minutos, porém, Coutinho terminou um contragolpe fulminante com um golaço para os brasileiros. Ele recebeu na esquerda, cortou para o meio e disparou um foguete. A bola contornou o goleiro Romero e entrou em velocidade no canto direito para o 1 a 0.

 

A Argentina foi com tudo para cima e teve boa chance com Messi, na cobrança de falta. Da meia-lua, ele chutou forte, mas carimbou Neymar na barreira. Se o craque argentino não aproveitou as chances na frente, seu companheiro do Barcelona foi lá e confirmou.

 

Aos 45 minutos, Gabriel Jesus escapou no meio e lançou Neymar com perfeição. O craque dominou, olhou para Romero e tocou com categoria no canto direito para o 2 a 0 antes do intervalo.

 

Os argentinos ainda tentaram voltar atacando no segundo tempo e ameaçaram a meta de Alisson. Aos quatro minutos, Zabaletta recebeu na direita, cruzou rasteiro na pequena área e por pouco Aguero não chegou para fazer o gol. O goleiro do Brasil se antecipou para evitar o terceiro gol.

 

Marcelo apareceu na esquerda e cruzou no segundo pau. Biglia furou e sobrou para Renato Augusto. O volante colocou com precisão para a entrada de Paulinho, que fulminou o 3 a 0 sem chances para Romero.

 

Bauza finalmente recuou suas linhas e tentou povoar o campo para evitar mais estragos. Ainda assim, nos toques rápidos a Seleção seguiu levando perigo, com direito a olé da torcida. Neymar perdeu a chance do quarto aos 33 minutos.

 

Paulinho fez o lançamento na cara do gol e o atacante tentou driblar Romero. Ficou sem ângulo e acabou desperdiçando o lance. Aos 39, Renato Augusto recebeu na direita e cruzou na pequena área para Firmino. Sem goleiro, ele passou do lance e não conseguiu ampliar a goleada.

 

Eliminatórias - 11ª rodada

 

Brasil 3

Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda (Thiago Silva) e Marcelo; Fernandinho; Renato Augusto, Paulinho, Philippe Coutinho (Douglas Costa) e Neymar; Gabriel Jesus (Roberto Firmino). Técnico: Tite.

 

Argentina 0

Sergio Romero; Zabaleta, Otamendi, Funes Mori e Más; Mascherano, Biglia e Pérez (Aguero); Messi, Higuaín e Di María (Angel Correa). Técnico: Edgardo Bauza.

 

Gols: Philippe Coutinho (24min/1ºT), Neymar (45min/1ºT) e Paulinho (13min/2ºT).

Cartões amarelos: Fernandinho, Marcelo (B), Funes Mori, Otamendi e Biglia (A).

Juiz: Julio Bascuñan (CHI).

Público: 53.490 presentes.

Local: Mineirão, em Belo Horizonte.


Fonte: Correio do Povo

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.