Notícias > Educação

08/11/2016
05:24

MPF-CE entra na Justiça pedindo anulação da Redação do Enem

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) entrou com ação na Justiça Federal requerindo a anulação da prova de Redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizada nesse domingo. O órgão entende que houve vazamento do tema, o que “violou o tratamento isonômico” dos candidatos.

 

O pedido se embasa em ação da Polícia Federal no dia da prova, que prendeu um candidato que entrou no local do exame com rascunho da redação e um ponto eletrônico, em Fortaleza. Uma delegada da PF informou que o candidato teve acesso ao tema da redação e ao gabarito antes do início da prova.

 

Além disso, o MPF cita que o tema da Redação apareceu em publicação do MEC em 2015. O MPF pede liminar para a anulação da Redação até o julgamento do mérito. O procurador da República Oscar Costa Filho entende que a medida evitaria transtornos aos estudantes, com a divulgação de um resultado que poderia ser alterado com o julgamento.

 

Nesta segunda-feira, o Inep divulgou nota na qual disse que há uma tentativa de “tumultuar” o Enem, referindo-se à repercussão da semelhança entre o tema da redação deste ano com o de uma imagem de suposta prova do Enem que teria vazado em 2015.

 

O Inep negou que o tema da redação do Enem de 2016 seja o mesmo da prova falsa. “O tema da redação do Enem 2016, 'Caminhos para Combater a Intolerância Religiosa no Brasil' não é o mesmo de uma prova falsa divulgada às vésperas do Enem 2015, com o tema 'Intolerância Religiosa no Século 21'”, diz a nota.


Fonte: Correio do Povo

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.