Notícias > Geral

22/09/2015
20:30

Decretada prisão temporária de casal acusado de duplo homicídio em Ijuí

A Justiça determinou a prisão temporária, de 5 dias, para o casal Davi de Lima Schelski, 26 anos e Marla Batista Fernandes, 18 anos, autores confesso das mortes de Marilei Batista Fernandes, 43, e do filho dela, Samuel Batista Fernandes, 10 anos. Marla Batista Fernandes é filha de Marilei e irmã de Samuel.

 

Segundo a Delegada de Polícia Jocelaine de Aguiar, eles se apresentaram à Polícia nesta terça-feira,22, e foram encaminhados ao Presídio. Com isto,  a Polícia tem cinco dias para reunir elementos que levem à representação pela prisão preventiva.

 

A Delegada explicou que a prisão temporária tem como requisito principal a extrema necessidade para as diligências policiais, sendo que caso a Justiça entenda necessária, pode ocorrer prisão preventiva para a garantia da ordem pública ou a soltura dos indiciados.

 

A Polícia investiga a participação de cada um dos presos nas mortes de mãe e filho. Davi de Lima Schelski se apresentou à Polícia juntamente com Marla, na noite de domingo, 24 horas após ter matado a facadas Marilei e Samuel.

 

Ele assumiu os crimes praticados na casa das vítimas, no bairro Getúlio Vargas, em Ijuí, alegando que houve uma discussão, sem esclarecer todos os detalhes.Os motivos do crime estão agora sendo investigados pela polícia.


Fonte: Redação

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.