Notícias > Dupla Grenal

16/08/2015
20:51

De virada, Grêmio vence Joinville na Arena

Foto: CP / Reprodução

O Grêmio venceu o Joinville por 2 a 1 na noite deste domingo, na Arena, de virada, e chegou aos 36 pontos. O Tricolor só não é segundo colocado do Brasileiro em razão do saldo de gols: 12 contra 15 do Atlético-MG. Já os catarinenses terminam a 19ª rodada com 16 pontos na 19ª colocação.

 

O Joinville saiu na frente com Bruno Aguiar aos três minutos do primeiro tempo e teve chances para ampliar, mas errou nas finalizações. No segundo tempo, Roger retirou Pedro Rocha e deu novo ânimo para o Grêmio. Erazo, de cabeça, e Galhardo, de falta, viraram o resultado e buscaram mais três importantes pontos na tabela de classificação.

 

O próximo jogo do Grêmio pelo Brasileiro será contra a Ponte Preta no próximo domingo, às 11h, no estádio Moisés Lucarelli. Porém, na quarta-feira, o Tricolor enfrenta o Coritiba, às 19h30min, no estádio Couto Pereira pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Já o Joinville recebe o Fluminense, na Arena, no domingo, às 16h.

 

Grêmio é surpreendido no primeiro tempo

 

O Joinville iniciou a partida pressionando o Grêmio. Logo a um minuto, Marcelinho Paraíba cobrou falta próximo da lateral esquerda e William Popp desviou de joelho pela linha de fundo, à direita da meta de Marcelo Grohe. Dois minutos depois, após cobrança de escanteio da direita de ataque, Bruno Aguiar saltou mais alto que Pedro Geromel e cabeceou no lado esquerdo de Grohe: JEC 1 a 0.

 

A segunda oportunidade do Joinville ocorreu aos nove. Marcelinho Paraíba foi lançado e passou para Edigar Junior, que arriscou de fora da área e a bola passou rente ao poste direito de Marcelo Grohe. A primeira chance do Tricolor ocorreu aos 17. Giuliano foi à linha de fundo, após rebote do goleiro, e passou para o interior da grande área para a infiltração de Marcelo Oliveira. O lateral bateu forte e rasteiro, mas a bola saiu pela linha de fundo. 

 

Aos 21 minutos, Marcelinho Paraíba fez jogada individual e cruzou rasteiro. Kadu, sem marcação, dentro da pequena área, bateu, mas a bola subiu e explodiu no travessão de Grohe. Oito minutos depois, Mario Sérgio recebeu lançamento dentro da área, teve tempo para ajeitar a bola e chutar rasteiro. A bola passou por Grohe e Geromel salvou próximo a linha da meta.

 

Após a oportunidade desperdiçada pelo JEC, o Grêmio aumentou a presença no campo do adversário e pressionou. Aos 37, Douglas lançou Pedro Rocha, sem marcação, na entrada da grande área. O atacante esperou a bola quicar e chutou, mas a bola bateu em Agenor e saiu pela linha de fundo. 

 

Mudanças e a virada

 

Na segunda etapa, Roger Machado retirou Pedro Rocha e colocou Fernandinho. Com a mudança na equipe o desgaste pelo intenso esforço físico do JEC no primeiro tempo, o Grêmio voltou pressionando. Galhardo no primeiro e no sexto minuto finalizou, mas em ambas as oportunidades nas mãos de Agenor. 

 

Aos 10 minutos, Douglas lançou Giuliano dentro da área, o meia esperou a bola quicar e chutou. Porém, o chute saiu desviado à direita de Agenor. Cinco minutos depois, o Tricolor empatou. Após cobrança de escanteio da esquerda de ataque, Erazo se antecipou a marcação e desviou de cabeça, a bola bateu na parte de dentro no poste esquerdo de Agenor e foi parar no fundo das redes: 1 a 1. 

 

O Tricolor seguiu insistindo. Mesmo sem criar chances claras de gol, teve o domínio das ações ofensivas e não foi pressionado pelo adversário. Aos 38 minutos, Galhardo colocou o Grêmio na frente. O lateral cobrou falta próximo a linha da grande área, pela esquerda de ataque, a bola bateu no poste e foi cair no fundo da meta: 2 a 1.

 

Aos 45, Giuliano quase ampliou. Deu um “balãozinho” no marcador dentro da área e bateu, mas o chute saiu fraco e desviado, à esquerda de Agenor. Vitória que deixa o Grêmio no pelotão da frente, com o mesmo número de pontos do vice-líder e a apenas quatro do líder Corinthians.

 

Brasileirão 2015 - 19ª Rodada 

 

Grêmio 2
Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano e Douglas (Maxi Rodríguez); Pedro Rocha (Fernandinho) e Bobô (Braian Rodríguez). 
Técnico: Roger Machado. 


 

Joinville 1
Agenor; Mário Sérgio (Danrlei), Bruno Aguiar, Guti e Diego; Naldo, Anselmo, Kadu, William Popp (Marion); Edigar Junio e Marcelo Paraíba. 
Técnico: Paulo César Gusmão


 

Gols: Bruno Aguiar (3min/1ºT) e Erazo (15min/2°T) e Galhardo (38min/2ºT)
Cartões amarelos: Marcelo Oliveira (G) 


 

Público total: 33.454
Renda: R$ 1.069.768,00


 

Local: Arena, Porto Alegre
Árbitro: Jailson Freitas
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ /Asp-FIFA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)


Fonte: CP

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.