Notícias > Dupla Grenal

14/08/2015
08:34

Grêmio vence o Galo e pressiona os líderes

Foto: Agif / Folhapress

Quem pára o Grêmio? Nesta quinta-feira nem o Atlético-MG, nem os 50 mil torcedores no Mineirão. O Tricolor Gaúcho trocou a intensidade pela efetividade e venceu por 2 a 0 a batalha contra o então líder do Brasileirão, pela 18ª rodada. Dois contra-ataques perfeitos construíram a vitória e a força defensiva garantiu os três pontos contra uma pressão infernal dos donos da casa.

 

As duas vitórias consecutivas deixam o Grêmio com 33 pontos, na terceira colocação. Os comandados de Roger Machado tentam manter o embalo no próximo domigo, às 18h30min, contra o Joinville, na Arena, na última rodada do primeiro turno do Brasileirão. 

 

Contra-ataque mata o Galo

 

Aliando efetividade à cartilha da intensidade, o Grêmio abriu caminho para mais um grande resultado ainda no primeiro tempo. O Atlético-MG foi melhor a maior parte da etapa, mas o Tricolor se segurou bem na defesa e com um contragolpe só conseguiu obter a vantagem no placar.

 

Logo aos dois minutos, Marcelo Grohe teve de fazer grande defesa. Mostrando a qualidade que lhe rendeu convocação para representar o Brasil de Dunga, ele foi buscar no puro reflexo um cabeceio à queima-roupa de Jemerson, na bola cruzada por Dátolo. O Galo continuou insistindo e acumulou escanteios. Mas na bola aérea, Geromel e Erazo estavam bem ensaiados. Quando tudo falhou, e até Grohe furou em bola, Marcelo Oliveira fez boa cobertura aos 17 mintuos para evitar o gol.

 

O primeiro esboço de ataque tricolor veio apenas aos 23 minutos. Luan tabelou com Pedro Rocha, correu para a área e chutou forte, da quina direita. A bola desviou no zagueiro e saiu para escanteio. O meia voltou a ter chance em falta da esquerda, mas isolou. Aos 33, lance polêmico fez o Grêmio pedir pênalti em Galhardo, empurrado na área. Douglas reclamou da não-marcação e levou amarelo.

 

Enquanto o Atlético-MG se batia contra o muro gremista na defesa, o contragolpe fulminante veio aos 40 minutos. Douglas recebeu no meio e passou para Giuliano no contra-ataque. O meia-atacante devolveu com perfeição. Douglas se apresentou na esquerda, invadiu a área e chutou cruzado com categoria, sob as pernas de Victor, para confirmar o 1 a 0.

 

Tricolor repete a receita e amplia

 

O Grêmio voltou confiante e ofensivo na segunda etapa, contrariando as expectativas do Galo, que queria pressionar. Logo aos três, Douglas recuperou bola na entrada da área e quase marcou um golaço. Chutou colocado, tentando o ângulo direito, mas errou por pouco. No lance seguinte, Pedro Rocha perdeu chance no passe de Douglas. Tentou driblar o goleiro e deu tempo para Jemerson afastar com o gol aberto.

 

A pressão gremista em território inimigo funcionou aos nove minutos. O Galo acredito que podia se atirar para o ataque e foi traído. No contragolpe, Douglas fez lançamento perfeito para Giuliano. O meia avançou pela esquerda, invadiu a área e rolou para Luan na marca do pênalti. O garoto fulminou as redes sem perdão e definiu o 2 a 0.

 

Zaga vira um paredão

 

Depois disso, entretanto, o Atlético-MG amassou. Um teste gigante para a zaga gremista, que respondeu bem. Geromel e Erazo passaram a ser destaques, dominando o jogo aéreo. E quando não funcionou o bloqueio da zaga, o Tricolor teve sorte. Aos 23 minutos, Dátolo driblou dois marcadores e chutou forte, no canto esquerdo. Grohe ficou pelo caminho, mas a bola explodiu no poste. 

 

Barrando os ataques do Galo, estava lá como último recurso Marcelo Grohe, que não falhou. Quando Erazo cabeceou contra o patrimônio, conseguiu encaixar no reflexo e evitar o gol. Dátolo foi lançado na pequena área, mas o goleiro de seleção saiu nos seus pés para bloquear. Os mineiros tentaram de tudo, mas o paredão gremista se manteve e o 2 a 0 garantiu os três pontos importantíssimos para o clube gaúcho.

 

Brasileirão - 18ª rodada

 

Atlético-MG 0
Victor; Marcos Rocha, Léo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete (Luan), Guilherme (Dodô), Dátolo e Thiago Ribeiro; Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.


 

Grêmio 2
Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano, Douglas (Edinho) e Luan (Bobô); Pedro Rocha (Fernandinho). Técnico: Roger Machado.


 

Gols: Douglas (40min/1ºT) e Luan (9min/2ºT)
Cartões amarelos: Douglas Santos, Leonardo Silva (A); Douglas, Luan, Marcelo Grohe (G)
Local: Mineirão
Árbitro: Dewson Freitas.


Fonte: CP

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.