Notícias > Grêmio

11/07/2019
12:45

Everton marca, mas Grêmio só empata com o Bahia pela Copa do Brasil

Com direito a vaias na Arena, duelo de tricolores terminou com igualdade em 1 a 1, em jogo de ida da competição

Everton foi a válvula de escapa do Grêmio em noite pouco inspirada do setor ofensivo | Foto: Ricardo Giusti

O Grêmio até tentou. Teve mais volume de jogo e chegou a pressionar o Bahia. Saiu ganhando, mas sofreu o empate e não conseguiu criar chances claras para marcar. Pouco finalizou, e acabou só empatando com o Bahia em 1 a 1, na Arena, em partida válida pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. 

 

O gol do Grêmio foi marcado por Everton, de pênalti, no fim da primeira etapa. Já o Bahia empatou com Gilberto, no início do segundo tempo.

 

Agora, Grêmio e Bahia voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, 17 de julho, de novo às 19h15min, em Salvador. Quem vencer estará classificado para as semifinais da Copa do Brasil. Como não há gol qualificado, qualquer empate leva o jogo para os pênaltis. Antes, Grêmio enfrenta o Vasco, no sábado, às 17h, na Arena. 

 

Pressão e gol de Everton 

 

O Grêmio começou a partida com intensidade. Nos primeiros 10 minutos, empurrou o Bahia para o seu campo de defesa, rodando a bola por todos os setores para tentar as infiltrações. Nesse tempo, a bola praticamente não saiu de campo.

 

Apesar de ter a iniciativa ofensiva, o Grêmio teve dificuldades para finalizar. Nos primeiros 20 minutos, não houve nenhum chute na direção do gol de Douglas. O Bahia de Roger Machado, em contrapartida, dificultava o jogo: com as linhas compactadas, impôs dificuldades ao Grêmio na marcação. 

 

Depois dos 30 minutos, Grêmio teve duas boas chances. Em uma delas, com Jean Pyerre, de fora da área, bola bateu na trave do goleiro Douglas, mas não entrou. Depois, foi a vez de André. Em cabeçada, obrigou o goleiro Douglas a fazer grande defesa. 

 

Com toda a expectativa criada em cima do atacante, o gol só poderia sair dos pés de Everton. O atacante recebeu bola pela esquerda e, ao tentar driblar o goleiro Douglas, foi derrubado dentro da área. O árbitro nem precisou consultar o VAR para confirmar o pênalti, convertido pelo próprio Everton, para levar o Grêmio em vantagem ao intervalo. 

 

Bahia empata cedo 

 

Na etapa final, foi o Bahia quem chegou ao gol nos minutos iniciais. Aos 3 minutos, após escanteio cobrado pelo lado direito, Paulo Victor saiu mal, não cortou o cruzamento e bola que cruzou toda a extensão da área se apresentou para o atacante Gilberto, na segunda trave, apenas empurrar para as redes e empatar o confronto. 

 

Para tentar mudar o cenário, Renato Portaluppi optou por uma troca dupla, mas foi criticado pela torcida, que vaiou a decisão do técnico. Saíram Jean Pyerre e Alisson, para a entrada de Luan e Pepê.

 

A tônica do início da etapa inicial se repetiu. Novamente com mais volume e pressão, Grêmio rondou a área do Bahia, mas teve dificuldades para finalizar com perigo. À exceção de um chute de Luan, time quase não concluiu até os 30 minutos do segundo tempo. 

 

Nos minutos finais, Grêmio exerceu pressão total, e chegou a correr riscos com contra-ataques dos baianos. Houve tempo, ainda, para Felipe Vizeu deixar o campo, sentindo muitas dores no joelho, tornando-se uma preocupação a mais para o Departamento Médico do Tricolor. Com um a menos nos minutos finais, partida acabou empatada em 1 a 1, com direito a mais vaias na Arena. 

 

Copa do Brasil 2019 - Quartas de final

 

Grêmio 1

Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Luan) e Everton; André (Felipe Vizeu). Técnico: Renato Portaluppi.

 

Bahia 1

Douglas; Nino Paraíba (Flávio), Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Elton, Eric Ramires (Guerra), Gregore, Arthur e Elber; Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado. 

 

Gols: Everton (47/1T) e Gilberto (3/2T) 

Cartões amarelos: Moisés e Lucas Fonseca (Bahia); Matheus Henrique (Grêmio)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Público: 28.838

Renda: R$ 892.916,00

 


Fonte: Correio do Povo

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.

Tel: (55) 3332-7744