Notícias > Bairro

13/03/2019
08:14

Contradições marcam depoimento de ex-secretária de Boldrini

Tricolor sofreu a primeira derrota em 2019

O técnico Renato Portaluppi não conseguiu disfarçar aborrecimento com a derrota do Grêmio para o Libertad, por 1 a 0, nesta terça-feira.

 

 

Ao analisar a partida, ele avaliou que as dificuldades surgiram de "peças que não funcionaram" dentro de campo.

 

 

"Não troquei mais pois só podia fazer três substituições, se não faria quatro ou cinco", comentou.

 

 

 

Renato relatou que primeiro tentou sacudir o psicológico do grupo, mas não viu a reação que queria.

 

 

"Pensei em mudar a equipe, pedi para o pessoal aquecer até para o jogador dentro do campo acordar.

 

 

Tentei mexer com o psicológico, melhorou um pouco", citou.

 

 

"Não é desculpa,

 

 

mas algumas peças não funcionaram do jeito que sabemos que precisa funcionar", repetiu o comandante gremista.

 

 

 

Ele projetou, contudo, recuperação imediata do plantel.

 

 

"Em dois anos e meio, tivemos três ou quatro vezes em que o dia foi noite como hoje", ponderou Renato.

 

 

"Pedimos desculpas ao nosso torcedor, mas eu tenho que ressaltar que confio neles mesmo na derrota", afirmou.

 

 

"Temos jogadores inteligentes, todos líderes. Não acabou o mundo, foi uma derrota, a primeira do ano.

 

 

Muita calma, pois vem muita coisa pela frente", pediu o técnico.

 

 

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.

Tel: (55) 3332-7744