Notícias > Geral

10/08/2018
16:57

Grupo técnico e associados tem novo encontro para debater a recuperação da Cotrijuí

Crédito: Reprodução/Internet

Contando com a atuação de três frentes de trabalho, política, jurídica e técnica, a equipe que luta pela recuperação da Cotrijuí, obteve um avanço importante nesta caminhada. Na próxima quarta feira, seus integrantes receberão informações relacionadas ao andamento do processo, durante reunião na sede da cooperativa, quando haverá a efetiva avaliação e a busca conjunta de caminhos através de uma gestão compartilhada. De acordo com Edson Burmann, o encontro servirá também para desmistificar os comentários que vem sendo feitos ultimamente sobre a situação da Cotrijuí. Na opinião dele, a questão do arrendamento de partes da cooperativa, precisa ser tratada com cautela, sendo mais afeiçoado a ideia de uma parceria, ao invés de aluguel.

 

 

 

Comentou sobre o trabalho que vem sendo feito pela banca de advogados contratados, com custo zero, apenas ressarcimento das despesas. Esses profissionais acreditam na viabilidade da cooperativa, por isso estão empenhados, assim como a Universidade Federal de Santa Maria e a Unijuí, que igualmente trabalham de graça. Após este levantamento da situação, será oficializado o pedido de gestão compartilhada, exigindo inclusive o cumprimento dos acordos verbais. Sugere inclusive um encontro de contas com o governo do Estado, destacando que há uma dívida de aproximadamente R$ 1 bilhão de responsabilidade da Conab com a cooperativa. A Cotrijui não roubou ninguém, mas certamente foi roubada por algumas pessoas, fato que ficará esclarecido ao término do processo, concluiu Edson Burmann, confiante na recuperação de todos os negócios.


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.