Notícias > Política

07/08/2018
16:58

Vereador Busnello volta a cobrar ações do Executivo

Crédito: Reprodução/Internet

Inconformado com o destino dado a máquina de asfalto adquirida em 2007 na administração de Valdir Heck, o vereador César Busnello fez duras críticas ao gestor ontem, da tribuna do legislativo. Ele chegou a mostrar uma foto da micro usina de asfalto, que está escondida no parque de exposições. Na época, o equipamento foi comprado por mais de R$ 220 mil, sendo que atualizado com juro simples de 1% ao ano, mais correção monetária, o valor chega a quase R$ 1 milhão, dinheiro jogado no ralo.

 

 

O vereador indagou novamente, onde estaria o competente e experiente administrador, que diante de uma cidade cheia de problemas, compra uma máquina que poderia ajudar a melhorar a qualidade das ruas, preferindo simplesmente descartá-la, sem admitir que foi algo feito sem planejamento.

 

 

 

Correndo os olhos pela câmara, Busnello indagou aos colegas, se alguém saberia informar quantas quadras de asfalto foram feitas com a Usina, hoje jogada num canto do parque de exposições. A seguir completou, afirmando que todo governante deixa marcas de sua gestão, referindo-se ao prefeito como alguém que deixou exemplos negativos, citando a experiência do frigorífico que iria se instalar, comandado por um conhecedor do assunto, que vinha da Alemanha, e que não passou de um conto do bilhete, e a segunda, a aquisição da usina de asfalto, imprestável, atirada num canto a espera de alguém que veja nela alguma utilidade. Ele anunciou que recorrerá ao Ministério Público para que investigue os motivos do abandono desse e de outros bens adquiridos com dinheiro do povo.

 

 

 

Falou novamente das rótulas que na visão dele são inadequadas, estão em desacordo com os padrões, sem falar no ridículo alerta “ devagar, devagarinho”, que deixa transparecer a falta de seriedade para com o trânsito na cidade, tratando os condutores como se fossem crianças.

 

 

Por fim, César Busnello reiterou sua crítica contra aquilo que ele entende ser uma das coisas mais graves de um administrador. A falta de humildade e comportamento centralizador de Valdir Heck. Se fosse aberto às sugestões de outras pessoas, certamente as chances de cometer erros seriam bem menores, sublinhou o vereador em sua manifestação da tribuna.


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.