Notícias > Política

08/05/2018
14:02

Vereador César Busnello questiona a falta de atitude do Executivo perante o grande número de Ccs e Fgs

César Busnello em entrevista ao Fatorama. Crédito: Grupo Repórter.

Vereador César Busnelo usou a tribuna durante sessão ordinária do legislativo realizada ontem, para questionar mais uma vez o Executivo sobre a falta de atitude no tocante à diminuição dos Ccs e Fgs, funções que hoje abrigam 118 pessoas conforme dados de abril.

 

Se de fato o governo do prefeito Valdir Heck fizesse isso, o município não precisaria pedir dinheiro em banco para realizar as obras que a comunidade precisa, disparou o vereador, afinal, são gastos mais de sete milhões e meio por ano com esse pessoal. Busnello disse que a conta dos empréstimos ficará para outros governos, com o que o líder do governo, Marcos Barriquelo concorda, afirmando porém que os valores virão em benefício das pessoas. Disse estranhar a manifestação do colega, afinal os Ccs são necessários para ajudar a tocar a máquina administrativa e o próprio Busnelo tem um para auxiliá-lo na Câmara.

 

 

Marildo Kronbauer, defendeu que se cada vereador contatasse seu deputado, buscando recursos, não haveria necessidade de pedir empréstimo aos bancos. Enquanto Busnelo enumerava os Ccs em cada setor da administração municipal, Barriquelo sugeria ao vereador dar o exemplo e deixasse de ter um cargo em comissão.


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.