Notícias > Política

18/04/2018
14:03

Deputada Zilá Breitenbach se manifestou no Fatorama sobre a decisão do STF que aceitou a denúncia ao senador Aécio Neves

Crédito: Reprodução/Internet

Deputada Zilá Breitenbach se manifestou no Fatorama sobre a decisão do STF que ontem aceitou denúncia ao senador Aécio Neves apresentada pela Procuradoria Geral da República por corrupção passiva e obstrução de justiça. “Queremos que todos os corruptos paguem sua conta”, começou respondendo a deputado do PSDB.

 

Reconheceu que o envolvimento de lideranças do partido com atos de corrupção geram um transtorno, mas que a bancada gaucha já vinha defendendo o afastamento do senador da presidência do partido. Ainda sobre Aécio, a deputada entende que já está pagando a pena maior que é de não voltar a concorrer.

 

 Zilá Breitenbach lembrou de Lula e seus 6 processos, dizendo que a diferença no PSDB é de que o partido não passa a mão na cabeça de corruptos, defendendo que além de condenados, devolvam os recursos desviados.

 

Questionada em relação a uma possível candidatura de Geraldo Alckmin à presidência, disse que o momento é de espera, já que um processo está no Tribunal Superior Eleitoral, com denúncia de caixa dois. Para a deputada “não dá para fazer campanha com dúvida”, dizendo ainda que não fará campanha caso se confirmem as denúncias.

 

No estado, falou de Eduardo Leite, o nome para o governo do estado, segundo Zilá, de “ um candidato limpo”, faltando construir a candidatura.  “Tem muito ainda pela frente”, reconheceu a experiente parlamentar trespassense, concluindo que “na política, nada é definitivo até o prazo final.”

 


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.