Notícias > Política

04/04/2018
13:50

Professor de Direito, Sérgio Pires, fala ao Fatorama sobre julgamento do ex-presidente Lula

Sérgio Pires. Crédito: site Câmara de Vereadores de Ijuí

A decisão de hoje envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio da Silva, é o principal assunto na área política, falado no Brasil e fora também. O professor de Direito, Sérgio Pires, ouvido pelo Fatorama, disse que o tema pode ser visto por várias dimensões, porém, o debate se sobressai pelo lado político.

 

 

Há no entendimento dele, uma decisão formal de seis votos a cinco que deixa a ministra Rosa Weber num dilema para a nova votação prevista para iniciar as 14h. A expectativa do entrevistado é que haja uma decisão que valha por um longo tempo, entendendo que o processo já se prolongou demais, com as pessoas se afrontando nas ruas pelo viés político.

 

 

Na avaliação de Pires, o impeachment da presidente Dilma Rousseff, eleita democraticamente deu início ao processo atual, que não tem sido bom pra ninguém. No entendimento dele, o caminho mais seguro é o que vai de acordo com a lei. Chama atenção, no entanto, a rapidez com que a Justiça trabalhou neste caso, mostrando que quando se quer, as coisas acontecem.

 

 

O que se espera com o julgamento de Lula é que a decisão possa valer para todos. Em tese, Lula está inelegível, porém, não há elementos pra que se prenda o ex-presidente, disse o professor Sérgio Pires.


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.