Notícias > Geral

08/02/2018
13:58

Nelson Casarin abordou diversos assuntos referente a UETI no programa Fatorama, dentre eles, a inclusão da etnia japonesa na Expoijuí/Fenadi

Crédito: Grupo Repórter.

A criação de um novo grupo étnico foi assunto tratado no Fatorama pelo presidente da UETI. Houve inclusive levantamento de áreas dentro do parque para fins de construção da casa típica japonesa. Não é um projeto imediato, mas existem tratativas em andamento, reconheceu Nelson Casarin.

Abordou ainda o desfile étnico deste ano, afirmando que o pessoal de Parintins virá mais uma vez, emprestando seu talento na construção dos carros alegóricos. Não deixar cair a qualidade do evento realizado no ano passado, disse o presidente.

Falou da possibilidade de mudança de local do desfile, saindo da Benjamin Constant e passado para a Rua 15 de Novembro, que é mais plana, o que permitiria retirar de cena os tratores que puxam os carros, substituindo-os pela força humana.

Outro tema trazido por Casarin, diz respeito ao prédio sede da UETI, cuja primeira etapa está em construção devendo ficar pronta em março, quando inicia a segunda fase do projeto. A meta é concluir todo o trabalho até 2020.

Está prevista para março, a vinda do secretário estadual, Vítor Hugo, para inaugurar a primeira fase da obra, lembrou Casarin. Quanto ao fato de abrir para outros grupos e pessoas a realização do evento de outubro, disse que não consegue dissociar a ExpoIjuí da ACI e UETI. O nome da feira é uma marca registrada da Associação Comercial e Industrial, disse Nelson Casarin.

Por fim, convidou a comunidade para a encenação da Paixão de Cristo, dia 31 de março, com um grupo de 46 pessoas ligadas a UETI, em frente a prefeitura municipal.

 

 

 

 

 

 


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.