Notícias > Política

25/01/2018
14:00

Darci Pompeo declarou que o ex-presidente Lula, não tem que, nem ir para a cadeia, nem ser presidente, mas responder ao processo que pesa contra ele

Crédito: Reprodução/Internet

Em sua tradicional intervenção sempre que um fato relevante justifique, o deputado federal, Darci Pompeo de Matos, declarou que o ex-presidente Lula, não tem que, nem ir para a cadeia, nem ser presidente, mas responder ao processo que pesa contra ele. A fala do parlamentar no Fatorama, serviu primeiramente para uma avaliação do julgamento de Lula ontem no TRF 4. Sobre o assunto, o pedetista que também é advogado, disse que ainda cabem recursos, porém, o caso do ex-presidente tem tudo para ser enquadrado na lei da ficha limpa, tornando-o inelegível.

 

 

A ausência de Lula do processo eleitoral é um fato relevante, que pode mudar a história da nação. O PT pode até indicá-lo candidato na convenção e encaminhar o registro dele, explicou Pompeo, porém, o TSE tem a prerrogativa de indeferir a candidatura. O deputado chegou a comparar o histórico do PT ao do PDT, dizendo que há muitas semelhanças, situação que poderia beneficiar os trabalhistas, pois caso Lula realmente fique fora do processo, os votos dele, tem chance de migrar para Ciro Gomes.

 

 

Sobre a pré-candidatura pedetista, Pompeo de Matos disse que não haverá tempo para falar mal dos demais pretendentes, pois Ciro Gomes tem muitas qualidades que serão exaltadas ao longo da campanha. Terminou dizendo que é preciso avaliar também as ações do Judiciário, que condena alguns e isenta outros, citando o caso do senador José Serra do PSDB, partido que criou o mensalão e que teve muitos de seus membros envolvidos em irregularidades, sobre as quais foram colocados panos quentes. Ninguém tem o rei na barriga, nem mesmo a Justiça, disse o pedetista.


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.