Notícias >

06/07/2018
08:42

Brasil tem desafio contra Bélgica no caminho do hexa

eleção entra em campo nesta sexta, às 15h, em Kazaneleção entra em campo nesta sexta, às 15h, em Kazan

No caminho para o hexa, o Brasil tem um duro desafio nesta sexta-feira, em duelo pelas quartas de final da Copa do Mundo, quando enfrenta a Bélgica, a partir das 15h (horário de Brasília), na Arena Kazan.

 

 

 

O técnico Tite confirmou duas alterações em relação a equipe que eliminou o México nas oitavas de final - volta o lateral-esquerdo Marcelo e Fernandinho entra no meio de campo.

 

 

 

 

O regulamento prevê prorrogação de 30 minutos se o confronto terminar empatado nos 90 minutos, e se persistir a igualdade, cobranças de pênaltis.

 

 

 

Quem avançar, enfrenta nas semifinais o ganhador de Uruguai e França.

 

 

 

 

A volta de Marcelo ocorre de forma natural.

 

 

 

O lateral começou como titular o jogo com a Sérvia, mas saiu nos primeiros minutos do jogo por causa de um problema na região da lombar.

 

 

 

Diante do México ele foi preservado, pois não treinou durante vários dias.

 

 

 

"Conversei com o Marcelo e o Filipe Luís. Marcelo saiu por um problema clínico, não voltou por um problema físico no segundo jogo.

 

 

 

Filipe Luís jogou muito nos dois jogos, competem os dois, deixa a cabeça do homem um trevo.

 

 

E por critério volta o Marcelo", afirmou Tite.

 

 

 

 

 

Já Fernandinho entra na vaga de Casemiro, suspenso com dois cartões amarelos.

 

 

 

O meia-atacante Douglas Costa, por sua vez, está recuperado de lesão muscular e estará à disposição no banco de reservas.

 

 

 

O capitão do Brasil será o zagueiro Miranda, que também já havia usado a braçadeira na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, em Moscou.

 

 

 

O jogador da Inter Milão passará, assim, a ser quem mais vezes foi capitão sob o comando de Tite, com cinco partidas - ultrapassará Daniel Alves, que tinha quatro atuações

 


Fonte: correio povo -POSTADO: LUIS ARNALDO

Notícias Relacionadas

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.