Notícias > Bairro

11/06/2018
08:13

Custo do subsídio ao diesel supera o previsto

Governo federal havia estimado em R$ 4 bilhões, mas impacto será de R$ 5,2 bilhões

O subsídio federal ao óleo diesel, principal medida do acordo com os caminhoneiros, cujo custo foi estimado pelo governo em R$ 4 bilhões.

 

 

Terá impacto ainda maior, de R$ 5,2 bilhões, pelos cálculos da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal. Relatório da IFI que será divulgado nesta segunda-feira aponta um custo total de R$ 14,7 bilhões com o "bolsa caminhoneiro", superior aos R$ 13,5 bilhões projetados pela equipe econômica.

 

 

 

 

 

 

 

A IFI, que tem o papel de acompanhar as contas públicas, vai solicitar informações à Receita Federal para verificar a divergência.

 

 

 

Qualquer perda de arrecadação ou aumento de despesas com o subsídio de R$ 0,46 no preço do litro do diesel terá de ser compensado com outras medidas.

 

 

 

 

Se o efeito for maior, o governo terá de ampliar as compensações previstas. As medidas compensatórias já anunciadas estabelecem redução de renúncias fiscais e enfrentam resistências.

 

 

 

Dois decretos legislativos apresentados na semana passada tentam barrar a redução da isenção na Zona Franca de Manaus para empresas de refrigerantes.

 

 

 

"O custo das medidas para reduzir o preço do diesel é elevado, mas tende a ser em parte acomodado como piora no déficit primário.

 

 

Nossas preocupações seguem concentradas no médio prazo", disse Felipe Salto, diretor executivo da IFI.

 

 


Fonte: correio povo -POSTADO: LUIS ARNALDO

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.