Notícias > Geral

12/01/2018
14:30

Família que teve casa incêndiada em Santa Rosa quer ajudar homem que salvou seu filho

Crédito: Eugênio Thomas/GaúchaZH

     A família que teve a casa incendiada na tarde dessa quarta-feira,11, no centro de Santa Rosa, quer ajudar o homem que salvou o menino Richard Padoan Tavares, de sete anos. A auxiliar de escritório, Carla Regina Padoan, mãe do menino, conta que saiu de casa para trabalhar e, logo que chegou na empresa, ficou sabendo do incêndio, que começou por volta das 13h20min. O marido, Rosauro dos Santos Tavares, estava em sua empresa de reforma e manutenção de eletrônicos, que fica no andar debaixo da residência. O filho do casal, Richard Padoan Tavares estava no quarto, assistindo televisão.

 

     Anderson Rodrigues da Silva revelou que tinha acabado de chegar em uma obra onde trabalha como pedreiro, bem próximo do local do incêndio, e que um colega o convidou para ir ver o que estava acontecendo. Ele contou que chegou no local e subiu até a janela, localizada a cerca de 3,5 metros de altura, se apoiou numa janela mais baixa, e conseguiu subir. O menino pediu ajuda e chorava, então conseguiu arrancar parte da grade da janela e retirá-lo.O comandante do Corpo de Bombeiros de Santa Rosa, Claudir Mallmann, enaltece a atitude de Anderson, mas orienta que, tecnicamente, a ação não é recomendada. “Ele teve um ato grandioso, evitou que a criança tivesse maiores problemas, ou até que morresse. Não é recomendado este tipo de resgate, sem equipamento nem qualificação técnica”, afirmou.

 


Fonte: Redação.

BUSCA NO SITE

Um valor é necessário.